Sobre Comunidades & Bens Comuns

Uma Plataforma Acumulativa

A pandemia mudou o mundo, e esta plataforma visa atender à necessidade urgente de pensarmos no futuro juntos construtivamente, fortalecermos o engajamento de comunidades locais na transição para um mundo sustentável, e expormos iniciativas locais para a inspiração mútua em um nível global, pelo âmbito digital.

A base da plataforma é uma versão digital da exposição física Commons & Communities, criada pelo Comitê de Arquitetura da Fundação de Arte Dinamarquesa em 2019. Além de apresentar abordagens dinamarquesas e internacionais de forma simples e clara, em um design pronto para fácil impressão no formato A3 - disponibilizado gratuitamente aqui na plataforma - a exposição atua como uma cenografia inspiradora para trocas, colaborações e cocriações sobre a questão central da exposição: Como manejar e preservar nossos recursos comuns?

Será uma plataforma em evolução, uma caravana virtual que acumulará soluções e perspectivas ao longo de dois anos no Brasil, China, Rússia, Turquia e países bálticos (Estônia, Letônia, Lituânia), até seu ápice como exposição na 28ª UIA Congresso Mundial de Arquitetura em 2023 em Copenhague, que incluirá destaques de projetos locais dos países envolvidos.

A plataforma local no Brasil foi lançada em 16 de julho de 2021 como piloto, e os demais países lançarão suas edições locais no início de 2022. Cada edição será construída localmente, pois há grandes diferenças no que você pode falar e trabalhar em relação a este tema nestes países tão diferentes.

Uma fase inicial de curadoria será realizada em uma interação entre o coordenador local do projeto, o diretor do Instituto Cultural da Dinamarca no país e um grupo parceiro, incluindo universidades locais, ONGs e outros atores locais, para definir as iniciativas e processos locais a serem apresentados e trabalhados. Uma segunda fase terá início em 2023 com a formação de um grupo curatorial para selecionar destaques locais a serem incluídos na exposição em Copenhague. Este grupo contará com a participação da direção do UIA2023CPH, representantes do Comitê de Arquitetura da Fundação Nacional de Arte, da Cidade de Copenhague, da Associação de Arquitetos Dinamarqueses e do Centro de Arquitetura Dinamarquês.

Anders Hentze
Country Manager
Instituto Cultural da Dinamarca no Brasil

Country Manager, Instituto Cultural da Dinamarca no Brasil (ICD) desde maio de 2020, anteriormente Diretor Interino, Diretor Adjunto e Consultor Sênior. Formado na The New School for Social Research, Nova York 1993-1997 (Fulbright Scholar), e no Conservatório RMC, Copenhagen 1988-1992. Residente no Brasil desde 2012. Idealizou e realizou dezenas de projetos culturais pelo ICD, inclusive o programa cultural no pavilhão dinamarquês durante os Jogos Olímpicos RIO 2016.

Instituto Cultural da Dinamarca

O Instituto Cultural da Dinamarca é uma instituição independente. Desde 1940, estamos empenhados em fortalecer o entendimento mútuo entre as pessoas.

Acreditamos que a arte e a cultura estão entre os ativos mais importantes da Dinamarca.

Em conjunto com parceiros, desenvolvemos atividades internacionais que desafiam fronteiras, criam valor mútuo e inspiram, principalmente em relação a temas como igualdade de direitos, educação, desenvolvimento sustentável, democracia e cidadania ativa. Valores importantes no mundo e na Dinamarca.

Nossa visão é mostrar que o intercâmbio de arte, cultura e conhecimento pode contribuir para lidar com os desafios globais e fortalecer os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Instituto Cultural da Dinamarca
Vartov, Farvergade 27 L, 2
DK-1463 Copenhagen K
Dinamarca

plugins premium WordPress
COMPARTILHE